Sobre

Esta é a página do laboratório do Dr. Carlos Hotta, do Departamento de Bioquímica, Instituto de Química, Universidade de São Paulo.

Search
Powered by Squarespace
Sobre o blog

Quando criança, eu sonhava estudar dinossauros. Hoje em dia tenho outros sonhos mas ainda tenho brontossauros no meu jardim. Por Carlos Hotta.

Feed me!

Entries in europa (1)

Segunda-feira
Dez092013

Europa Report: ficção científica do ano!

2013 foi um ano bom para filmes de ficção científica. Todos sempre lembrarão de Gravidade, que entrou junto com Contato, Moon e 2001 no hall de grandes filmes espaciais (e não, Star Wars não está entre eles*). No entanto, vou sustentar que todos deveriam se lembrar de Europa Report, um filme tão bom quanto Gravidade, mesmo que por motivos diferentes.

Em Europa Report temos mais um filme no estilo mockumentary, com uma série de relatos e filmagens sobre uma missão espacial para Europa, uma das luas de Júpiter. Isso me fez olhar o filme de forma desconfiada, poucos são os que conseguem ser bem sucedidos no formato. No entanto, a justificativa de se fazer um filme desta forma convence e acaba tornando o formato uma qualidade.

Europa, a lua, é um alvo interessante para uma missão espacial porque existem fortes evidências de fontes de energia (peróxido de hidrogênio, a gravidade de Júpiter ou até atividade geotermal) e água no estado líquido. Uma fonte de energia e água líquida são dois pré-requisitos para a existência de vida - pelo menos do jeito que a conhecemos. O objetivo da missão tripulada do filme é justamente procurar por Vida lá fora. No entanto, nada é fácil: só a viagem de ida para Europa dura um ano e meio e logo aos 6 meses a nave perde qualquer comunicação com o nosso planeta. Como os astronautas reagiram ao isolamento? O que aconteceu durante a missão? Se estamos vendo vídeos da missão, como os obtivemos? Eles descobriram vida no satélite… ou a vida os descobriu?

Uma das grandes qualidades deste filme são os personagens. Todos os personagens da missão são humanos e heróicos, foram selecionados para a missão por isso. Em Europa Report, você não tem seres humanos nacionalistas, egoístas, mesquinhos, você tem uma equipe de exploradores - cientistas e engenheiros - profissionais, bem treinados e comprometidos com sua missão. Comprometimento que inclui arriscar a própria vida para garantir o seu sucesso. Não é um filme sobre corporações corruptas, seres humanos fracos e monstros malvados**. É sobre os riscos e os sacrifícios envolvidos nas maiores descobertas. É sobre humanos sendo superhumanos, mesmo quando suas vidas estão em riscos. É sobre os perigos de missões tripuladas no espaço e também é sobre os seus potenciais benefícios.

Eu sei que muito acharão Europa Report um filme lento. Realmente, o filme não tem a adrenalina e a tensão de Gravidade. No entanto, eu não vi nisto um defeito. Missões espaciais são longas e lentas. Descobertas científicas são longas e lentas. Acho que a lentidão do filme só dá mais veracidade ao filme. As imagens são belíssimas, nos faz esquecer que é um filme de baixo orçamento. E ver cientistas agindo - e reagindo - como cientistas diante de resultados científicos inesperados não tem preço.

* nada contra Star Wars mas a parte científica desta trilogia é tão pequena que ele acaba sendo mais um filme de ação/fantasia do que outro gênero
** sim, eu adoro Alien, ainda mais do que Star Wars