Sobre

Esta é a página do laboratório do Dr. Carlos Hotta, do Departamento de Bioquímica, Instituto de Química, Universidade de São Paulo.

Search
Powered by Squarespace
Sobre o blog

Quando criança, eu sonhava estudar dinossauros. Hoje em dia tenho outros sonhos mas ainda tenho brontossauros no meu jardim. Por Carlos Hotta.

Feed me!
« Cadê os blogs brasileiros sobre Ciência? | Main | Nenhum cientista é uma ilha »
Quinta-feira
Set192013

Por que a soneca do despertador é de 9 minutos?

Por que o período de “soneca” (Snooze) do meu telefone é de 9 minutos. Por que não 10 minutos? Ou 5? Ou 7? O mais engraçado é que o período de 9 minutos é muito comum entre os alarmes.  Será que isso tem uma causa fisiológica? Ou psicológica? Ou cultural? Será que os alarmes têm 9 minutos de soneca no Japão? Na Índia? Quantas vezes uma pessoa em média aperta o botão de soneca? 

 

Bom, essas perguntas passam em ciclos de 9 minutos pela minha cabeça umas 5 ou 6 vezes toda manhã. Hoje, em um momento de pura procrastinação produtiva, tentei buscar a resposta. Aparentemente, função de “snooze” foi adicionada aos relógios na época em que eles ainda eram mecânicos. Isso que dizer que os engenheiros deveriam encaixar uma engrenagem extra entre as engrenagens já existentes nos relógios. Duas opções existiam: um pouco menos que 10 minutos e um pouco mais de 10 minutos. A engrenagem de 9 minutos foi escolhida porque os engenheiros acreditavam que um tempo maior faria pessoas cair em um sono profundo demais para acordarem de novo.  A engrenagem de 9 minutos acabou virando o padrão entre os relógios, padrão que foi mantido mesmo após a transição para o mundo digital.

PrintView Printer Friendly Version

EmailEmail Article to Friend

Reader Comments

There are no comments for this journal entry. To create a new comment, use the form below.

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.

My response is on my own website »
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
Some HTML allowed: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>